terça-feira, 31 de agosto de 2010

Aniversário da minha mãe...

Alô, galeraaaa!

Pois é, mais de uma semana sem postar... Mas escrevo quando tenho vontade mesmo, sei que quase ninguém lê isso.

Final de semana foi calmo, mas não tanto. Sexta foi aniversário de mamãe - ela me acha lindo - e eu a acompanhei num restaurante de dois amigos dela. Tipo, lá só abre no almoço, mas à noite foram umas 15 pessoas pra lá. Lá é bem estreito, ficaram duas mesas, uma de maioria da família materna da minha mãe, e outra mesa da família do meu pai. E olha só as coisas evoluindo: minha mãe até me deixou beber uma cerveja! Tava meio quente, mas valeu mesmo assim.

Chegamos lá mais ou menos 18h30, porém, lá por 23h30, saí com minhas tias paternas. Eram eu, Sara (prima), Allan (primo), Thamires (namorada do Allan), tia Ruth, tia Tânia, Rejane (tia) e Ione (amiga das minhas tias). Essa cabeçada toda só foi embora porque a cerveja tinha acabado (calma, só foram 16 long necks para essa gente toda), então todo mundo resolveu esticar noutro canto.

No outro lado da cidade...

Fomos a um restaurante fino (sarcasmo aqui). Todo mundo seco pra beber, chega o sangue fervia. Pra começar, pedimos uma porção de batata frita. Ela veio requentada, trocamos. Depois, pedimos carne, mas veio daquelas que tava o sal puro, chega rasgava a boca. Até aí tudo bem. Dá pra entender. Porém... o imperdoável estava por vir. O buraco era mais embaixo. A cerveja não tava quente, tava ruim mesmo. Daquelas que já foram congeladas e descongeladas inúmeras vezes. Depois da terceira breja, a gente desistiu, pedimos a conta. O garçom chega ficou com um sorriso de orelha a orelha quando fomos embora, não aguentava mais ouvir (justas) reclamações.

Antes de sair ainda pedi uma dose de vodka, minha velha e querida Orloff. Fiel companheira de todas as horas. A única coisa que prestou daquele "restaurante".

5 comentários:

Raphael Andrade disse...

Ah eu antes escrevia sempre no meu blog. Agora escrevo quando estou inspirado.
Manda parabéns pra sua mãe.
Sucesso ai. abraços

http://jovemandrade.blogspot.com/

M. Araújo disse...

Parabéns para a sua mãe, na comemoração do aniversário de 48 anos da minha eu voltei pra casa primeiro que ela, cansado por sinal.
Quanto a seu comentário eu meu blog, só não ficou claro se gostou ou não do texto.

César Marins de Ameida disse...

Parabéns para sua mãe!!!

Nuss o aniversário da minha mãe do ano passado eu esqueci, depois de uns dois dias eu lembrei fiquei morrendo de vergonha!!

Tadinha ela não merecia isso!!

mãnsss...


nesse ano eu dei um presentão!!

passa no meu blog tbm!!
http://maisinterrogacao.blogspot.com/

Italo Gomes disse...

Parabens para sua Mãe

Felicidades pra ela, vc e toda sua familia

http://italoopensador.blogspot.com/

xD

William disse...

Parabéns para a sua mãe e felicidades.
Abraço.